O que são plataformas opensource?

Tempo de leitura: 5 minutos

Se você é um gerente de e-commerce ou proprietário e está em fase de decidir que tipo de plataforma utilizar em seu projeto, é sempre um desafio ter todas as informações necessárias sobre elas.

Por isso, neste conteúdo falaremos a respeito sobre as plataformas open sources, as vantagens que elas podem oferecer e as desvantagens.

O que é uma plataforma open source?

Diferente das plataformas proprietárias e alugadas, as plataformas open source possuem seu código aberto, alguns chamam de código livre, onde uma equipe de desenvolvimento trabalha apenas na criação e melhorias da plataforma sem custo para utilização.

O intuito principal da plataforma é que a empresa tenha total controle sobre a ferramenta, isso facilita para que a equipe de desenvolvimento consiga implementar funcionalidades customizadas para o negócio e possa realizar modificações sem muitas limitações.

Geralmente empresas que optam por utilizar uma plataforma open source, precisam se atentar para alguns pontos importantes, tais como:

  • Custo com Servidores;
  • Certificado de segurança;
  • Equipe técnica para o desenvolvimento ou empresa terceirizada;
  • Meios de Pagamento;
  • Sistemas de Anti-fraude;
  • Sistemas de Frete;
  • ERP;

Custo com Servidores

Nesta fase, você precisará pesquisar empresas de hospedagens confiáveis para alocar o seu projeto e configurações necessárias para que a plataforma funcione perfeitamente.

Portanto, será necessário ter um conhecimento técnico ou possuir algum profissional que tenha este conhecimento.

Certificado de Segurança

Quando você lida com e-commerce, todo cuidado é pouco. Então, deverá checar as empresas que fornecem a devida tecnologia para que você possa implementá-la com sucesso.

Equipe técnica para o desenvolvimento ou empresa terceirizada

Caso possua uma equipe técnica internamente em sua empresa, isso poderá acelerar o processo, desde que a mesma conheça a tecnologia utilizada pela plataforma open source selecionada.

Outra opção muito utilizada são empresas especializadas no desenvolvimento de e-commerce open source, neste caso você poderá optar não apenas na terceirização da parte operacional, mas também na gestão do projeto. Possuir uma pessoa que organize e gerencie o desenvolvimento é importante, pois ajuda na questão dos prazos e também na qualidade entregue pela empresa.

Hoje você pode encontrar diversas empresas que fornecem esse tipo de trabalho de implantação da loja, são produtoras web, agências digitais e empresas de desenvolvimento web.

A questão que deverá ser analisada, caso utilize uma empresa terceirizada é a expertise que a empresa tem na ferramenta que você selecionou para o seu projeto.

Meios de Pagamento

Os sistemas de pagamento atuam na etapa final da jornada de compra do consumidor, portanto, você deverá se planejar e verificar qual sistema de pagamento lhe atende melhor, se opta em utilizar intermediadores de pagamento ou gateways de pagamento.

Qual é o melhor?

Dependerá do volume de vendas que você possui. E-commerces de maior porte costumam trabalhar com gateways de pagamento, onde o valor cobrado é menor que a de um intermediador de pagamento, porém se optar em utilizar um gateway de pagamento deverá arcar com a validação dos pedidos, verificar possibilidades de fraude, visto que o gateway faz a sua conexão com o banco e não a validação do pedido.

Sistemas de Antifraude

Pensar na segurança dos dados do seu e-commerce nunca é demais. Outra atividade que deverá realizar é a implementação de um sistema antifraude, o papel fundamental desse sistema é verificar a procedência do pedido realizado.

Sistema de Frete

E-commerces que possuem um bom plano de negócios, verificam todas as etapas que comentamos antecipadamente, antes de entrarem em operação. Nesta fase você definirá o seu sistema de frete, seja a utilização de uma transportadora ou os correios.

Alguns e-commerces utilizam as duas formas para enviarem os seus produtos para os consumidores, dependerá da sua estratégia de negócios, definir qual a melhor solução a ser utilizada.

ERP

De nada vale inserir uma loja online no ar, definir sistemas de pagamento e frete, se a nossa loja não possui um sistema de gestão integrado.

Possuir um ERP é essencial nos tempos de hoje, pois te ajudará a controlar melhor todos os departamentos do seu e-commerce, estoque, financeiro, emissão de notas dentre outras funcionalidades.

Bastante trabalho, certo?

Caso nunca tenha enxergado desta maneira, vale ressaltar mais uma vez que definir qual plataforma de e-commerce escolher para o seu negocio, não é uma tarefa fácil. Exige pesquisa interesse e entendimento sobre até onde cada plataforma irá te ajudar. 

Abaixo vou listar as principais plataformas open sources utilizadas no mercado:

Magento Sem dúvidas uma das maiores plataformas de e-commerce open source existente, a mangento é extremamente robusta, podendo ser utilizadas até mesmo por grandes corporações, caso optem pela solução.

Opencart Foi uma das plataformas que mais utilizamos aqui na Agência Ciclo Digital. O opencart é uma plataforma open source completa, possui diversos módulos que podem ser integrados. Para quem desenvolve possui uma curva de aprendizagem rápida e pode ser modificada de acordo com as customizações que desejar.

Prestashop O Prestashop também é de fácil aprendizagem, tanto na fase de desenvolvimento quanto na etapa operacional do sistema. Possui uma interface elegante e atraente, excelente opção para incluir em seu projeto.

WoocommerceEssa plataforma é muito interessante, principalmente se você já tem alguma familiaridade com o CMS WordPress. Com a Woocommerce você possuirá uma infinidade de temas e módulos disponíveis, assim como as anteriores. Para quem realiza desenvolvimento web com wordpress, terá uma familiaridade na hora de trabalhar com o woocommerce.

Resumo

Assim como sempre menciono em diversos conteúdos, quando falamos de ferramentas ou tecnologias disponíveis no mercado, antes mesmo de decidir por a plataforma A ou B, vale lembrar o passo mais importante, o teu planejamento estratégico, como esta ferramenta pode se moldar ao seu negócio e não o inverso.

Um dos erros mais comuns em pequenos negócios é selecionar qualquer plataforma sem definir critérios necessários antecipadamente, e posteriormente, notar que ela não atende 100% os requisitos que são necessários para que o negócio tenha um bom desempenho.

Portanto, estude muito bem as opções disponíveis no mercado para que você tome uma excelente decisão.

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe seu comentário abaixo, responderemos o mais breve.

Um grande abraço.