Marketing de luxo – Um mercado de exclusividade

Tempo de leitura: 4 minutos

Assim como qualquer mercado, o marketing tem enorme importância na comunicação com seu público alvo, transmitindo valores da marca e atraindo novos clientes. No marketing de luxo, além de trazer novos clientes, uma coisa se destaca sobre os demais: a exclusividade.

Mesmo em período de crise e recessão econômica que estamos vivendo, um mercado que parece não estar sofrendo com esse cenário é o mercado de luxo. De acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Luxo (ABRAEL), o mercado no Brasil deve crescer entre 11 e 13% este ano.

Como qualquer mercado que queira continuar crescendo, os investimentos em marketing e atenção ao consumidor não podem parar. Nesse momento o marketing de luxo entra em cena.

O que o cliente procura?

Você deve ver que em outros mercados, o marketing procura vender para o maior número de pessoas dentro do público alvo, as vezes bem “varejo” com suas promoções e campanhas. Quando falamos em marketing de luxo, as coisas mudam. Aqui não é tornar o produto acessível, e sim mostrar realmente que são pra poucos. E isso tem grande valor.

Nesse mercado de luxo, o exclusivo e o escasso são características essenciais para caracterizar esse tipo de produto, e agora, os serviços também.

O mercado amadureceu no Brasil, os produtos ainda tem grande relevância nesse mercado, porém atingiu outro patamar, o da experiência.

Os clientes buscam algo que os torne parte de um grupo seleto, que aumente e de destaque ao seu status. Por exemplo, imagine você ter uma viagem personalizada com destinos pensados no seu estilo, programado exclusivamente para você? Quantos possuem esse tipo de serviço personalizado? Realmente, um grupo seleto que agora você faz parte.

Como as marcas trabalham

As marcas procuram expor toda a simbologia por trás desses produtos e serviços. Há uma experiência que ela transmite para o cliente que é valorizada pelo mesmo, a ponto dele pagar mais caro e querer fazer parte disso.

Como forma de diferenciação, há marcas que proporcionam eventos exclusivos para os clientes, aqueles que mais compram ou possuem uma freqüência maior de compra.  Tudo isso para fazer com que o cliente se sinta especial e pertencente a um grupo exclusivo.

O marketing de luxo foca muito na comunicação, seja ela verbal e não verbal. Os trabalhos de cores, canais, produtos e tempo são importantes para transmitir essa mensagem. Por exemplo, você já deve ter visto as fachadas de lojas de grifes como são expostas. Muitas utilizam preto, dourado, uma boa iluminação, um toque de sofisticação, ou seja, ela transmite o valor mesmo você nem ter entrado e conferido o preço do produto.

Quem possui esses produtos ou consomem esses serviços customizados, também procuram transmitir sua imagem de forma diferente. Que enxerguem sofisticação, bom gosto, alto status, ou seja, todos esses valores que a marca transmite.

Marketing digital no mercado de luxo

Mesmo crescendo as compras online, o mercado de luxo ainda caminha vagarosamente através destes canais. Talvez muito devido a não conseguir passar a mesma experiência que o cliente possui em uma loja física.

Porém, as empresas já estão se dando conta da importância da mídia online para transmissão de valores e comunicação com seu público.

A utilização de influenciadores nas redes sociais são muito utilizados pelas marcas para atingir seu público alvo. É comum vermos esses influenciadores em suas contas no instagram, postando o que há de novidade das marcas.

Aqui o visual contribui muito, principalmente para marcas de luxo no segmento de moda. O marketing de luxo utiliza esses canais onde os consumidores estão mais presentes, fazendo assim uma ponte com a marca e levando-a através dos seus pontos de venda.

Conclusão

Mesmo o marketing de luxo, ele utiliza de diversas ferramentas de outras vertentes de marketing para transmitir sua comunicação com seu público, porém com uma abordagem diferente da que vemos. Isso fica mais claro quando trabalhamos com mercados de nichos como o mercado de luxo.

Nesse caso, causar uma escassez e exclusividade faz com que seus produtos sejam cada vez mais valorizados e destinados para uma persona a parte que busca sofisticação, exclusividade e status. E assim, há quem esteja disposto a pagar alguns milhares ou até mesmo milhões de reais por isto.